Ad Banner

Yuan da China pode se tornar a terceira maior moeda de reserva do mundo, atrás do dólar e do euro

 


Com Pequim pressionando por um maior uso do iuane internacionalmente, a moeda chinesa pode chegar ao status de terceira maior moeda de reserva do mundo em 10 anos, de acordo com uma previsão do Morgan Stanley.


A participação do iuane nos ativos de reserva cambial global pode mais que dobrar em relação ao seu nível atual de 2% e ultrapassar a participação do iene japonês e da libra esterlina, disseram analistas do banco em relatório divulgado na sexta-feira, citado pela CNBC.

De acordo com suas estimativas, a moeda chinesa, oficialmente conhecida como renminbi ou RMB, pode atingir de 5% a 10% dos ativos de reserva até 2030.

Postar um comentário

0 Comentários